SPDA: descubra o que é e para que serve

O que é SPDA (Sistema de proteção contra descargas atmosféricas) ?

Você sabe o que é SPDA e qual a sua importância? Se sua resposta é não para essas perguntas, não deixe de conferir este artigo. Boa leitura!

O que é SPDA?

SPDA significa sistema de proteção contra descargas atmosféricas. Seu objetivo proteger prédios, antenas, instalações industriais, tanques, tubulações e pessoas contra as descargas atmosféricas e seus efeitos.

Esses sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA) são compostos por dispositivos instalados nos pontos mais altos das instalações e estruturas. Eles proporcionam um caminho para terra oferecendo a menor resistência elétrica possível. Com isso, a corrente criada pela descarga atmosférica flui em direção a terra, sem danificar equipamentos ou estruturas. Além, é claro, de proteger as pessoas dentro da instalação.

A existência do SPDA não impede a incidência de descargas atmosféricas no local. Afinal, essas descargas são fenômenos naturais causados, pelo atrito das nuvens no céu.

É impossível anular a indecência das descargas, mais através dos SPDA´s podemos minimizar seus efeitos nas instalações, construções e claro, proteger as pessoas nelas abrigadas.

Quando devemos utilizar o SPDA?

Para saber se seu edifício ou indústria necessita de um sistema SPDA é preciso consultar um profissional da área e ele, de acordo com a norma regulamentadora  NBR 5419, irá  avaliar o risco de falhas em equipamentos eletrônicos, perdas financeiras, riscos de vida, índice de incidência de raios na região entre outros.

Ele irá fazer um cálculo para avaliar a obrigatoriedade, logo se seu prédio não possui um SPDA, obrigatoriamente deverá possuir essa metodologia de avaliação no local com uma ART (anotação de responsabilidade técnica) assinado por um engenheiro eletricista.

SPDA

 

A importância do SPDA

A norma de instalação de SPDA é regulada pela Associação Brasileira de normas Técnicas (ABNT), através da NBR 5419 o objetivo principal da norma é evitar e minimizar incêndios, explosões, danos materiais e risco de morte de pessoas e animais pelos efeitos das descargas elétricas.

Atualmente existem três métodos de dimensionamento:

  • Método gaiola de Faraday;
  • Método de Franklin (limitada em função da altura e limite de proteção);
  • Método da esfera rolante ou esfera fictícia.

E todos esses três tipos de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas necessitam de malha de aterramento contendo hastes e condutores interligados para a dissipação da corrente elétrica.

A utilização do sistema de proteção contra descargas atmosféricas é fundamental para proteção de pessoas e do patrimônio material, além de ser exigência legal. Por isso, é muito importante que ele seja corretamente instalado e passe por manutenção periódica com emissão de laudo técnico.

Quando deve ser feito o laudo de SPDA

O Laudo Técnico de SPDA tem validade de 1 a 3 anos, com necessidade de inspeção visual a cada 6 meses. Em deve ainda ser realizado nas seguintes ocasiões:

  • Na construção do sistema;
  • Quando o sistema for alterado e/ou após reformas;
  • Quanto tiver a ocorrência de queda de raios.

E por falar em laudo, que tal contar com a Costanobre Engenharia para a realização da manutenção predial de seu condomínio ou indústria? Temos profissionais capacitados com grande experiência, na área de SPDA e muitas outras, sempre prontos para te ajudar. Entre em contato e peça um orçamento.