Deck de madeira: como instalar e conservar

deck de madeira - Costanobre Engenharia

É normal o uso de um deck de madeira em volta das piscinas, mas ele pode também ser usado em outros lugares da casa, como por exemplo, no boxe do banheiro, em varandas de casas e apartamentos, no solarium, etc. Como é feito de madeira, é perfeito para dar aquele charme extra, bem como um aspecto natural e aconchegante.

Se interessou pelo assunto e quer saber mais? Então acompanhe este post.

O que é um deck de madeira?

Um deck nada mais são que uma plataforma que é apoiada sobre o piso, podendo ser facilmente removida para limpeza da área.

Ele pode ser instalado em áreas molhadas, porém ele não deve ficar encostado na água e devem existir condições para que ele seque rapidamente, evitando assim que a madeira apodreça.

Como é feita a instalação?

Na hora da instalação, o ideal é deixar frestas de 2 a 3 mm entre as réguas de madeira para a água escoar. Essa medida também é suficiente para evitar que objetos pequenos passem por elas.

As réguas de madeira são fixadas em barrotes de madeira, mas não apoiadas diretamente. Entre o deck e o elementos de sustentação deve haver espaçadores, que podem ser porcas de aço inoxidável. Assim, a área de ventilação correspondente à altura da porca, de cerca de 0,5 mm, evita que a água fique acumulada.

Os barrotes de apoio também devem ser protegidos, pois eles estarão em contato com a água e em condições de difícil secagem. Uma boa ideia então, é pintá-los com tinta impermeabilizante, além de colocar um espaçador de borracha sob o barrote, para que não fique encostado no contrapiso. Por sua vez, o calço também evita transmissão da vibração da madeira para a laje de concreto ou contrapiso.

Quando for instalado na varanda, é interessante que o deck de madeira fique alinhado com o piso interno, evitando degrau. No projeto, deve ser calculado o desnível do contrapiso para que, somados os barrotes e as réguas, se possa chegar a esse alinhamento.

deck de madeira

Como fazer a manutenção do deck de madeira?

A principal desvantagem do deck de madeira é a exigência de manutenção periódica

A madeira é mais vulnerável em áreas que recebem muito sol ou no boxe do banheiro,  devido ao contato com produtos como sabonete e xampu. Nesses casos, é preciso que seja feita uma manutenção anual, aplicando-se verniz com filtro solar.

Já quando o deck está na sombra, a manutenção pode ser feita a cada dois anos.

Quando a manutenção não é feita, a plataforma pode ficar com aparência acinzentada de madeira envelhecida.

Quais os tipos de madeira recomendados?

Em geral, decks pedem madeiras mais duras com maior resistência. Então, aposte no  como cumaru, ipê, maçaranduba, itaúba e tatajuba. Porém, também podem ser usados pallets, um material feito de madeiras macias e mais frágeis, como pinus e eucalipto, e baixo preço.

Gostou das dicas? Também quer um deck de madeira na sua varanda, piscina ou banheiro? Então entre em contato conosco e peça um orçamento. Temos experiência no assunto: instalação, reforma e manutenção de deck de madeira.